Deixar Deus para depois é a pior decisão de todas


É sério que se não fosse a misericórdia de Deus já estaríamos todos consumidos, por causa das nossas falhas e muitos erros. Cada um de nós é cheio de culpa por que erramos em alguma coisa e a graça é que podemos mudar de comportamento, e quando não conseguimos isso sozinhos temos a graça de Deus que nos ajuda a ser livres e escravos apenas de Jesus. Tudo em nós passa a corresponder apenas a ele, por que assim como ele se deu por nós, podemos também nos dar totalmente a Jesus.

A dedicação que Jesus merece da gente é total, diária e intensa. Não é um favor que estamos fazendo a ele, mas é um corresponder mesmo. Podemos corresponder seu amor, por que um dia Deus nos amou primeiro. Por que deixar Deus para depois? Por que deixar ele de lado como se ele fosse apenas um livro cheio de palavras que alguém não está muito a fim no momento, mesmo sendo o livro mais incrível do mundo?

Deixar Deus para depois é a pior decisão que a gente pode tomar nos nossos dias, por que além de todos os detalhes que compõem o amor dele por nós, além de quem ele é, e de Jesus, seu Filho - um presente - que nos guia até ele... Deus é aquele tudo que falta e que deixa a gente sem palavras. Um Pai de verdade. Aquele que deu tudo para nós: a existência, a vida, a salvação. Ele merece tudo, e se entregar a ele é simplesmente corresponder seu amor.

Se deixamos Deus de lado nos perdemos por que ele é a fonte de tudo, assim já não existe algo na memória que traga esperança, muito menos um norte para o futuro. Existem muitos detalhes que a gente transforma em questões gigantes, deixando Deus para depois. Porém, tudo o que realmente falta e que reflete em todas as coisas em nós é simplesmente o Senhor. Ele é a resposta, e tudo o que realmente falta. Que Jesus nos guie de volta, com um coração a quem Deus não resiste: humilde e quebrantado.

2 comentários:

  1. Engraçado que o pensamentos dos jovens normalmente é assim. Eu fui uma dessas, quando eu era mais nova fui criada na igreja católica, daí quando fiz uma certa idade não concorda com algumas dogmas e sai, aí fui pra faculdade, fui cuidar da vida, fui estudar e quando completei 25 anos e pensei pronto minha vida tá estável agora vou procurar Deus e cuidar da minha vida religiosa, grande erro meu, logo Ele que estava ao meu lado o tempo todo fui deixar para assumir só depois de velha. Me converti e hoje tento viver uma vida espelho de Jesus, tenho muitas falhas mas hoje ele é minha primeira escolha. Sem dúvida deixar pra depois é a pior decisão, ótimo post. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Simone!
      Acredito que todos tiveram períodos de dúvidas ou períodos de transições onde nosso pensamento ainda está sendo formado, e na grande parte dessas vezes, esses pensamentos vem acompanhados com muitas dúvidas e isso acaba nos afastando dos caminhos do Pai. Temos que ter.a convicção de que Ele está ali disposto a responder todas as perguntas que temos, Ele é o nosso conselheiro e está disponível 24hrs por dia. E realmente, deixar Ele pra depois é a pior decisão.

      Gostei muito do seu testemunho!

      Excluir

Tecnologia do Blogger.